Na “Missa do Crisma” ou “Missa Crismal” se abençoam o óleo dos catecúmenos e dos enfermos e se consagra o Santo Crisma, daí ser também chamada “Missa dos Santos Óleos”. Renovam-se nela as promessas sacerdotais pronunciadas no dia da ordenação, sendo assim também chamada “Missa da Unidade”

Renovação das promessas sacerdotais

De fato, renovam-se nela as promessas sacerdotais pronunciadas no dia da ordenação, sendo assim também chamada “Missa da Unidade”. Nesta missa manifestam-se o mistério do sacerdócio de Cristo, participado pelos ministros constituídos em cada local, que renovam seu compromisso ao serviço do povo de Deus.

Crismacatecúmenos e enfermos

O bispo, cercado pelos outros sacerdotes, abençoa os óleos, que serão usados nos diversos sacramentos: o crisma (óleo misturado com perfumes), para significar o dom do Espírito no batismo, na crisma, na ordem; o óleo para os catecúmenos e o óleo para os enfermos, sinal da força que liberta do mal e sustenta na provação da doença.

óleo e a unção

Através de uma realidade terrena já transformada pelo trabalho do homem (o óleo) e de um gesto simples e familiar (a unção), exprime-se a riqueza da nova existência em Cristo, que o Espírito continua a transmitir à Igreja até o fim dos tempos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here